Conselho das entidades se reúne com comandante geral da PMSC para cobrar mais efetivo

Publicidade
Utilidade pública

Representantes do Conselho das entidades estiveram reunidos em Florianópolis na tarde desta terça-feira, 1º de fevereiro, com o Comandante Geral da PMSC, Marcelo Pontes, para reivindicar aumento do número do efetivo de policiais militares em Brusque e região.

Participaram da reunião a presidente da Acibr, Rita Cassia Conti , o diretor da Ampe e Secretário de Desenvolvimento Econômico de Brusque, Ademir José Jorge, o presidente da CDL Brusque, Alcir Inácio Otto, o presidente do Observatório Social de Brusque, Claudemir Marcolla, presidente do Sindilojas, Marcelo Gevaerd e o presidente do Sinduscon, Fernando José de Oliveira.

Baixo efetivo

O presidente do Observatório Social de Brusque destacou a quantidade de efetivo policial por habitante. “Brusque e Guabiruba estão com mais de 1500 habitantes por policial, enquanto a média estadual está abaixo de 1000. Destacamos o excelente trabalho de nossos policiais e o Importante apoio da iniciativa privada para a segurança pública, porém se não houver aumento no efetivo podemos perder a excelente qualidade que alcançamos com tanto esforço”, avalia Marcolla.

O diretor da Ampe destacou a importância da reunião “O conselho das entidades se mostra ativo e preocupado, mesmo que a gente tenha uma segurança pública muito boa em nosso município, Brusque tem sim como merecer um efetivo policial muito maior”, afirma. 

Para o presidente do Sinduscon, a insistência no assunto se faz necessária para provocar uma mudança. “Existe uma discrepância muito grande entre as regiões. Como o Coronel Marcelo Pontes assumiu há pouco tempo, talvez ele não esteja tão informado sobre essa situação. Estamos aqui para alertá-lo para olhar com carinho estes números, pois não podemos ser punidos por ser eficientes”, ressalta.

Segundo o presidente do Sindilojas, o comandante se comprometeu a rever a questão do efetivo. “Realmente foi muito boa a nossa vinda até a Polícia Militar, até para que o comandante nos conheça e entenda a situação de Brusque e cidades próximas. Nosso efetivo já foi maior, mas neste momento estamos com baixas. O comandante se prontificou a verificar formas de mandar mais efetivo para a região após a operação veraneio”, conta.

Conselho das Entidades

A presidente da Acibr enalteceu a união e força do Conselho das entidades. “Com a presença dos presidentes, hoje estivemos representando mais de 80% do PIB da nossa região e isso demonstra a nossa união. Com isso, buscaremos pleitos cada vez melhores para nossa região”, afirma Rita.

O presidente da CDL Brusque destacou que além da solicitação por mais efetivo policial, o intuito da visita também foi estreitar laços. “Nosso objetivo é levar uma imagem mais humanizada e próxima com a instituição Polícia Militar”, conclui Otto.

Publicidade
Últimas notícias

Carlos Renaux intensifica preparação para a estreia na Série B neste domingo, 29

Nesta quarta-feira (25), os atletas do Renaux deram sequência na pré-temporada e preparação para a estreia no Catarinense Série...
Publicidade
WhatsApp chat