UNIFEBE recebe documentos e artefatos têxteis da indústria Buettner

Material integrará o Arquivo Histórico da Indústria Têxtil 

Publicidade
Utilidade pública

Documentos, fotos e artefatos têxteis do início do século XX, que fazem parte da história da indústria Buettner, integrarão o Arquivo Histórico da Indústria Têxtil Catarinense, criado pela UNIFEBE. Os dois mosquiteiros, as amostras de tecidos das décadas de 1910, 1920, 1930, 1940 da empresa foram doados à instituição pelo último diretor-presidente, Fabrício Pozzi Colzani.

Colzani conta que a iniciativa da doação surgiu da ex-gerente de Recursos Humanos da Buettner, Goreti Maestri, que fez o contato com a UNIFEBE e solicitou a autorização ao administrador judicial da massa falida, Gilson Sgrott. “A Buettner foi uma empresa centenária, que empregou gerações de famílias de Brusque e região, e chegou a ter mais de 2 mil colaboradores. Doar esses artefatos para o Arquivo Histórico da UNIFEBE é preservar esse legado da indústria têxtil, do nosso munícipio e de todas essas pessoas que fizeram parte dessa história”, destaca Colzani.

A reitora da UNIFEBE, professora Rosemari Glatz, agradeceu a confiança no trabalho desenvolvido pela instituição. “A Buettner foi a primeira indústria a operar com bordados no Brasil e representou Brusque e Santa Catarina ao redor do mundo. Esses artefatos são parte dessa história e merecem ser preservados e estudados. Este é o principal objetivo da nossa instituição e do nosso Arquivo Histórico da Indústria Têxtil Catarinense: manter viva a história e memória do nosso povo”, enaltece Rosemari.

Além do acervo destinado ao Arquivo Histórico, as amostras de tecidos mais recentes serão utilizadas pelos acadêmicos de Design de Moda e ficarão disponíveis no laboratório utilizado pelo curso. 

Publicidade
Últimas notícias

Taça FCB inicia nesta quinta-feira (26) em Brusque

Quatro equipes catarinenses iniciam nesta quinta-feira (26) a disputa da Taça FCB. A chave B, disputada em Brusque, conta...
Publicidade
WhatsApp chat