Abel Moda Brusque perde para o líder São Caetano na Arena

O confronto acabou em 3 sets a 1 para o time visitante. As parciais foram de 25 a 20; 25 a 19; 17 a 25; e 19 a 25.

Publicidade
Utilidade pública

A equipe da Abel Moda Brusque Vôlei não conseguiu conter o ímpeto do líder Energis São Caetano e acabou derrotada em casa em duelo válido pela sétima rodada da Superliga B.

O confronto acabou em 3 sets a 1 para o time visitante. As parciais foram de 25 a 20; 25 a 19; 17 a 25; e 19 a 25.

Com o resultado, a equipe paulista se manteve na primeira colocação, de forma invicta. O São Caetano soma 20 pontos com 7 vitórias em 7 partidas e já está garantido na próxima fase. Já a equipe de Brusque se manteve com 14 pontos, na terceira colocação, mas o time ainda pode perder uma posição para a equipe do Atacadão/São Carlos, que vem logo atrás com 13 e ainda tem um jogo a menos.

O time brusquense volta a jogar agora na próxima sexta-feira (11), às 19h30, novamente em casa, desta vez contra a equipe de Franca.

O jogo

Com a Arena Brusque novamente lotada, a equipe do São Caetano não se intimidou e iniciou melhor o confronto. Logo de cara, o time abriu 7 a 2 na partida. Aproveitando de erros das brusquenses as visitantes abriram boa vantagem (18 a 8) e mesmo com uma tentativa de reação da equipe local, puxada por Geovana, fechou o jogo em 25 a 20.

No segundo set, as paulistas iniciaram novamente em vantagem, mas o jogo era equilibrado. O Moda ficou pela primeira vez em vantagem depois que Ale virou uma bola pra cima do bloqueio: 11 a 10.

O jogo seguiu equilibrado, mas logo São Caetano tomou a dianteira e abriu vantagem (19 a 16) após o primeiro grande erro da arbitragem na partida, em bola que foi fora, mas validada como dentro, para revolta do time de Brusque.
O São Caetano aproveitou o bom momento e fechou o segundo set em 25 a 19.

O terceiro set começou diferente. Querendo ganhar sobrevida, o Moda Brusque conseguiu boa sequência e, empurrado pela torcida, abriu 10 a 5. Depois, com Ale e Emily, o time conseguiu abrir e administrar a vantagem. O São Caetano até tentou uma reação, mas as meninas de Brusque fecharam o set em 25 a 17.

Com expectativa do tie-break, a torcida de Brusque jogou junto com o time no quarto set, mas a equipe voltou a errar demais e deixou o São Caetano ficar confortável, com uma diferença de oito pontos no placar 16 a 8. A equipe de Brusque ainda tentava a reação, mas novamente um erro do árbitro de fundo prejudicou o time. Em outra bola visivelmente fora validada para o São Caetano, as paulistas abriram 17 a 8 .A revolta do time de Brusque e do técnico Maurício Thomas foi tanta que a equipe chegou a tomar uma técnica, o que complicou de vez o time com um 18 a 8 no placar e dez pontos de desvantagem.

No fim, Thomas ainda optou por colocar a ponteira Kalu, a central Glaucia e a levantadora Carol, que ainda não haviam atuado na partida. O time até ganhou um gás novo e esboçou uma reação. Mesmo escostando no placar, no entanto, as meninas não impediram a vitória por 25 a 19 da equipe adversária.

Fonte: Sidney Silva / Assessoria Moda Brusque

Publicidade
Últimas notícias

Hospital Azambuja alerta nova modalidade de golpe em nome da instituição

O Hospital Azambuja alerta a população de Brusque e região para novas tentativas de golpes, utilizando o nome da...
Publicidade
WhatsApp chat