Hemodinâmica do Hospital Azambuja realiza primeiro cateterismo pelo SUS

Publicidade
Utilidade pública

O Centro de Hemodinâmica do Hospital Azambuja realizou, esta semana, o primeiro procedimento de cateterismo seguido de angioplastia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O paciente deu entrada na emergência do hospital com sintomas cardíacos e após avaliação foi encaminhado à Hemodinâmica. A realização do procedimento ocorreu por meio de convênio entre o Governo do Estado de Santa Catarina e o Hospital Azambuja, firmado em reunião dos diretores da instituição com o secretário de Estado da Saúde, Dr. André Motta Ribeiro.

“No mês de fevereiro o secretário veio ao Hospital Azambuja conhecer nossas instalações e passamos para ele algumas demandas, uma delas seria a de um convênio para realização de alguns procedimentos em nossa Hemodinâmica. Encaminhamos toda documentação para o Estado que agora encaminhará ao Ministério da Saúde, solicitando o credenciamento via SUS. É um trâmite que deve levar algum tempo, então o secretário, ouvindo nossas necessidades, contemplou o Hospital Azambuja com um convênio por seis meses, para realização de procedimentos de cateterismo e angioplastia”, ressalta o gestor hospitalar, Gilberto Bastiani.

Segundo o diretor-técnico do Azambuja, Dr. Eugênio José Paiva Maciel, o convênio com o Governo do Estado contempla a realização de até dez procedimentos de cateterismo e angioplastia pelo SUS, de pacientes cardíacos que apresentam quadro de urgência, ou seja, que deem entrada no Pronto Socorro do hospital com sintomas cardíacos. “Estamos autorizados a fazer dez procedimentos por mês pelo SUS. Isso engloba o cateterismo, que é a punção de artéria até chegar ao coração e a angioplastia, que é a colocação de stent farmacológico, que é o stent com medicamento, a molinha. Na terça-feira, após assinatura do contrato com o Estado, tivemos o primeiro caso de um paciente SUS que deu entrada no hospital com sintomas cardíacos. Por meio do convênio ele recebeu um pronto-atendimento e realizou seu procedimento. Caso não houvesse o convênio, ele ficaria no Pronto Socorro, receberia um medicamento que chamamos de trombolítico e pediríamos vaga para regulação, para ele ser transferido a outro hospital. Olha o tempo que ele perderia! Com essa parceria com o Estado, em meia hora esse paciente recebeu o diagnóstico, não fez uso do trombolítico, foi encaminhado a nossa Hemodinâmica, fez o cateterismo, descobrimos que havia uma artéria importante em risco de morte para o paciente ou então de sequelas graves para o músculo do coração, foi colocado o stent farmacológico, ele está na UTI muito bem, sem dor e com condições de alta nesta quinta-feira para enfermaria”, revela o médico.

Passo importante

De acordo com Bastiani, o convênio com o Governo do Estado é um passo importante para o futuro credenciamento da Hemodinâmica do Hospital Azambuja junto ao SUS. “Sabemos que este convênio é um primeiro passo, podemos atender até dez pacientes e queremos avançar para atender a todos que chegam ao nosso Pronto Socorro. O próprio secretário vê como uma necessidade o credenciamento, tanto para atender os pacientes emergenciais, como os eletivos, que estão na fila do SUS. Deixamos o Hospital Azambuja à disposição do secretário, para que ele possa dar andamento a todo processo de credenciamento, e assim, consigamos realizar de forma definitiva e permanente os procedimentos pelo SUS em nossa Hemodinâmica. Hoje o equipamento que temos é considerado o mais avançado do mundo. São três no Brasil, sendo um deles aqui. Somos o primeiro hospital SUS que tem este equipamento e queremos poder atender a todos que chegam ao nosso hospital”, enfatiza.

Desde que foi inaugurada, em outubro de 2021, a Hemodinâmica do Azambuja realizou 52 procedimentos de convênios e particulares, como cateterismo, angioplastia, procedimentos vasculares e de neurocirurgia.

Publicidade
Últimas notícias

Taça FCB inicia nesta quinta-feira (26) em Brusque

Quatro equipes catarinenses iniciam nesta quinta-feira (26) a disputa da Taça FCB. A chave B, disputada em Brusque, conta...
Publicidade
WhatsApp chat