Brusque empata sem gols com a Chape, em jogo morno no Augusto Bauer

Empate no placar mantém a Chape no G-4 e Bruscão sobe uma posição na tabela, mas a rodada não acabou.

Publicidade
Utilidade pública

O Brusque FC recebeu a Chapecoense pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em um estádio Augusto Bauer com público razoável o Bruscão tentava recuperação, após derrota para Ponte Preta em Campinas.

Já no início da partida o Brusque teve boas chances, duas vezes com o atacante Alex Sandro. A primeira o jogador entrou na velocidade na área e tentou colocar por cima do goleiro, mas sem sucesso. Na sequência a bola foi cruzada pela direita, sendo desviada pelo artilheiro de cabeça, a bola foi para fora.

Aos 18 minutos a Chape organiza jogada com Léo, segue para o meio-campo, lançamento para lateral direita, que passa para Orejuela. O jogador chuta com força, do miolo do campo, mas Ruan Carneiro salva.

O jogo continuou bastante disputado com briga intensa no meio campo os 15 minutos iniciais foram bem melhores que o restante do primeiro tempo.

Os capitães Wallace e Perrote ao lado dos árbitros da partida. Imagem: Gabriel Lucas Cardoso/Brusque FC

2º Tempo

Logo nos dois minutos iniciais a Chape levou perigo com duas jogadas contra a meta do goleiro Ruan Carneiro que realizou boas defesas e evitou o gol do time do Oeste. No primeiro lance, Perroti lançou Lima que tentou tirar do goleiro do Bruscão que fez belíssima defesa. Na sequencia teve um bate-rebate na área após chute cruzado de Lima, defendido por Carneiro. O goleirão salvou o Bruscão.

Com 12 minutos o técnico Waguinho Dias realizou as duas primeiras alterações, saíram Luiz Antônio e Diego Jardel para as entradas de Balotelli e Caio Nunes.

Aos 20 minutos o Brusque reclama de pênalti, Pará se lançou para área da Chape, sofre imapcto de Fernando, cai no chão e pede falta. Árbitro manda jogo seguir. Nada de pênalti!

Toty e Juliano foram para o jogo aos 30 minutos nos lugares de Pará e Todinho respectivamente. Waguinho Dias buscando alternativas para melhorar o time e conseguir a vitória.

O jogo continuou sem inspiração poucas chances de gols, disputa intensa pela bola e erros de passes. Ninguém merecia a vitória tanto Brusque como Chape fizeram uma partida muito abaixo da média.

Com o empate sem gols o Brusque chegou a 7 pontos, voltando a campo no sábado dia 14 de maio, para enfrentar o Londrina, às 11 horas no Estádio do Café, no estado vizinho do Paraná.

Ficha técnica:

Brusque FC: Ruan Carneiro, Pará, Wallace, Bruno Aguiar, Airton, Rodolfo, Luiz Antônio, Diego Jardel, Jailson, Junior Todinho e Alex Sandro. Técnico: Waguinho Dias.

Chapecoense: Léo, Victor Ramos, Fernado, Betinho, Matheus Bianqui, Lima, Orejuela, Perroti, Maranhão. Técnico: Gilson Kleina.

Publicidade
Últimas notícias

Taça FCB inicia nesta quinta-feira (26) em Brusque

Quatro equipes catarinenses iniciam nesta quinta-feira (26) a disputa da Taça FCB. A chave B, disputada em Brusque, conta...
Publicidade
WhatsApp chat