24.9 C
Brusque
terça-feira, fevereiro 27, 2024
InícioNotíciasGeralMoradores clamam por conclusão de pavimentação na rua Nilo Erthal, em Guabiruba

Moradores clamam por conclusão de pavimentação na rua Nilo Erthal, em Guabiruba

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Nilo Erthal, no bairro Imigrantes sofre consequências do embargo de um galpão localizado na mesma via; moradores declaram que ‘processo de embargo não deveria ter relação com a pavimentação da rua‘, já paga pelos moradores

A atual situação da rua Nilo Erthal, em Guabiruba, tem gerado manifestações públicas e pedidos de atenção por parte dos moradores locais na busca por uma solução definitiva. Conforme contato do ouvinte Marco Back e residente do local ao Jornal da Diplomata, há quase três anos os moradores da rua Nilo Erthal têm sofrido com o problema da não conclusão da pavimentação.

“Há quase três anos os moradores da rua fizeram a pavimentação em parceria com a prefeitura, onde o combinado, e determinado por Lei Municipal, era de que se ao menos 80% dos moradores da rua aderissem, seria feito a pavimentação total da via. Os demais 20% que optaram por não fazer parte desse processo de pavimentação em parceria seriam acionados pela Prefeitura para se adequarem às medidas legais e à Lei Orgânica”, relata o morador.

De acordo com Marco, mais de 80% dos moradores aceitaram e aderiram à pavimentação em parceria, e, logo na sequência, todos estes se responsabilizaram e arcaram com os custos de materiais estipulados em reunião e orientação da empresa licitada para fornecimento desse material. E, em meados do mês de dezembro de 2020, foram iniciadas às obras na rua Nilo Erthal. Contudo, alguns moradores e uma empresa optaram por não fazer parte do processo em parceria com a Prefeitura o que, conforme o poder público, não afetaria o processo de pavimentação, já que a grande maioria (mais de 80%) aderiram, e, sendo assim, a Prefeitura faria essa parte da rua que os moradores não aderiam ao processo.

“Contudo, a obra deu sequência e esses pontos da rua que não tiveram a participação dos moradores permanece até hoje (quase 3 anos depois do início da obra) sem pavimentação, trazendo grandes transtornos e prejuízos para os moradores, não só pela falta de calçamento em alguma parte da rua, mas a forma inadequada que foi feito o escoamento da água, faltando boca de lobo, assim os moradores se sentem lesados. Entendemos de forma muito clara que os moradores que aderiram, assumiram o compromisso com responsabilidade financeira de aquisição dos materiais para a pavimentação e estão sendo lesados e até mesmo desrespeitados pela Prefeitura, tendo em vista que o acordado entre Prefeito/Prefeitura e moradores foi plenamente e 100% cumprido pelos moradores, mas a Prefeitura vem se esquivando e fugindo de qualquer tipo de esclarecimento e/ou conclusão da obra na rua Nilo Erthal”, relatam.

Há cerca de três semanas, a situação foi reportada pelos moradores em um ofício, entregue pessoalmente na Prefeitura. E, também, uma cópia do documento foi entregue à Câmara Municipal. “Nos sentimos totalmente ‘punidos’ por ter aderido ao plano de pavimentação em parceria com a Prefeitura, já que a mesma se quer consegue cumprir as leis determinadas por ela mesma, e assim deixar uma obra inacabada por tanto tempo”, desabafam.

“Processo burocrático”

Procurada pela reportagem, a Prefeitura Municipal de Guabiruba diz que todas as medidas e situações dos pontos que faltam pavimentação da devida rua já foram levantados, porém trata-se de um processo burocrático. “Foi solicitado aos setores competentes os próximos trâmites de uma contribuição de melhoria por conta do Poder Público, conforme determinada na 1442/2013, que institui o Programa de Pavimentação e Urbanização Comunitária, porém salientamos ser um processo mais burocrático”. Mas, a fim de resolver a situação de forma mais rápida, a Prefeitura enfatiza que foram retomadas as tratativas com o proprietário que possui a maior extensão sem pavimentação na rua, “e agendamos uma nova reunião para o dia 15/08 (terça-feira), afim de chegarmos a um definição e resolver a situação de forma mais ágil”, informou o coordenador da GBTRAN de Guabiruba, Euller Comper.

Solução e novo acesso entre Brusque e Guabiruba

Em entrevista ao Jornal da Diplomata, o Prefeito Valmir Zirke confirmou que terça-feira, 15, esteve em reunião com o respectivo morador que possui dois trechos na Nilo Erthal. “Ele está um tanto quanto resistente à pavimentação, porque teve uma obra embargada – denunciada por um morador daquela via, e não embargada pela Prefeitura”, declarou.

Após a reunião desta terça-feira, Zirke acredita que essa situação esteja mais próxima de ser solucionada e resolvida. “Inclusive, nós queremos fazer um novo acesso para Brusque através da Nilo Erthal, acredito que agora esteja muito perto de se resolver o problema Desta rua”, finalizou o prefeito.

O Jornal da Diplomata também entrou em contato com o morador da via e proprietário do galpão mencionado pelos moradores e o prefeito, que preferiu não se manifestar no momento.

Percorra a via, em vídeo encaminhado ao Jornal da Diplomata pelos próprios moradores.

Conheça o trecho, com imagens enviadas pelos moradores.

Publicidade
WhatsApp chat