17.6 C
Brusque
sexta-feira, abril 19, 2024
InícioNotíciasSaúdeBrusque abre cinco polos de hidratação por conta da dengue

Brusque abre cinco polos de hidratação por conta da dengue

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

Município já registrou quase 500 casos segundo último boletim epidemiológico

Santa Catarina e, por consequência, Brusque, vive uma crise sanitária em decorrência dos aumentos de casos de dengue. Com isso, há algumas semanas, o município tem adotado ações e protocolos baseados nas orientações do Ministério da Saúde, do Estado e da própria Vigilância Epidemiológica local.

Desde a semana passada, inclusive, a Secretaria de Saúde fez a abertura de polos de hidratação, essenciais nesse momento de epidemia. Confirme a secretária de Saúde, Thayse Rosa, a disponibilização deste ambiente só foi possível graças à ampliação da atenção primária.

Logo, hoje, todo paciente que tem sinais e sintomas de dengue podem e devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua casa. No local, o profissional enfermeiro vai fazer a classificação de risco baseado nos dados clínicos desse paciente e classificá-lo em paciente do grupo A, B, C ou D.

Os pacientes do grupo C e D serão encaminhados para o hospital, já que são esses que precisam ter atendimento hospitalar imediato. Os pacientes classificados em grupo A terão o seu manejo na própria UBS.

Os pacientes do grupo B podem ser hidratados na própria UBS, mas, em sua maioria, serão encaminhados para os cinco polos de hidratação, localizados nos bairros: Steffen, Limeira Baixa e Maluche, das 7h às 19h sem fechar para o almoço; Pronto-atendimento na Policlínica, das 7h às 22h; e Santa Luzia, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.

“Hidratar na dengue é essencial para que não haja agravamento da doença, para que a gente não se encaminhe para uma dengue hemorrágica”, continua a secretária. “Então, os polos são essenciais para esse momento de hidratação. Toda essa conduta, ela é com o objetivo de diminuir essa sobrecarga dos hospitais e para direcionar essas pessoas no fluxo correto para que todas não procuram o hospital e que aumente muito o número de espera”.

No último boletim, a Vigilância em Saúde divulgou que quase 500 casos já foram registrados em Brusque. A projeção de aumentar ainda mais exponencialmente esses números de casos, principalmente nos próximos dez dias. “A cada três dias a gente vem avaliando, se for necessário abrir mais polos, assim a gente procederá. Pedimos para população, que se tiver um exame de rotina, algo sem urgência, que remarque para outra data, para assim não lotar ainda mais as unidades”, finaliza a secretária.

Publicidade
WhatsApp chat