20.4 C
Brusque
domingo, junho 16, 2024
InícioNotíciasGeralGastronomia e diversão: 3º Temperô na Praça reúne grande público no fim...

Gastronomia e diversão: 3º Temperô na Praça reúne grande público no fim de semana

Data:

Publicidade

spot_img
spot_img
spot_img

O Dia das Mães é umas das datas comemorativas de grande importância e deve movimentar o comércio de todo o país, levando cerca de e 128 milhões de pessoas às compras para esta data. É o que aponta pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). De acordo com o levantamento, 78% dos consumidores pretendem presentear alguém no Dia das Mães em 2024.

Em média, os consumidores pretendem comprar dois presentes. Os motivos para presentear são que 54% acreditam que as mães merecem por seu carinho e esforço, 23% consideram que é um gesto importante e 18% têm o costume de presentear as pessoas que gostam.

Segundo a pesquisa, estima-se que o valor gasto será de R$ 314, sendo R$ 56 a mais em relação ao ano anterior. O ticket médio aumenta nas classes A/B chegando a R$ 430. Com isso, espera-se movimentar R$ 40,21 bilhões no varejo.

Presentes

Neste Dia das Mães os produtos mais procurados para presentear são: 42% roupas, calçados ou acessórios, 41% perfumes, 26% cosméticos, 17% chocolates e 15% flores.

Para comprar os presentes, 74% pretendem fazer as compras em lojas físicas e 37% pela internet. Os principais locais de compra: shopping center (29%), shopping popular (16%), lojas de departamento (15%) e nas lojas de rua (14%)

Entre os que pretendem comprar pela internet, 79% pretendem comprar em sites, 63% em aplicativos e 20% pelo Instagram. Os tipos de sites / lojas online mais citados são os de varejistas internacionais (50%), seguidos dos sites de lojas de cosméticos e perfumes (46%) e varejistas nacionais (43%).

Formas de pagamento

Já quanto a forma de pagamento, o levantamento aponta que 67% pretendem pagar os presentes à vista e 48% à prazo. Sendo as principais modalidades de pagamento PIX (41%), cartão de crédito parcelado (29%) e cartão de débito (21%).

Os consumidores que pretendem parcelar, a intenção é de quatro parcelas, sendo uma a mais que no ano passado. Além disso, 81% pagarão todos os presentes que comprarem sozinhos e 15% pretendem dividir o pagamento do presente com mais pessoas.

Em relação aos gastos, a pesquisa aponta que 35% esperam gastar mais este ano do que em 2023, 30% pretendem gastar o mesmo valor e 24% menos. E as Razões para gastar mais: 44% irão comprar um presente melhor, 41% disseram que os produtos que querem comprar estão mais caros e 26% vão comprar mais presentes. E para os que vão gastar menos as razões são: 25% querem economizar, 25% citam o orçamento apertado e 18% a piora do cenário econômico.

*Informações: CNDL

Texto: Ideia Comunicação

Publicidade
WhatsApp chat