PM emite nota sobre caso que gerou alarme de ameaças em escolas

Outras notícias da semana

O 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque divulgou uma nota sobre o monitoramento realizado em torno de mensagens que relataram supostas ameaças contra uma escola de Guabiruba e contra o SENAI, como diz o comunicado.

Confira o que diz a nota.

Acerca dos fatos que circulam nas redes sociais, cujas mensagens relatam ameaças contra uma escola de Guabiruba e contra o SENAI, o Comando do 18 Batalhão informa que:

A Polícia Militar de Guabiruba recebeu as informações iniciais sobre as ameaças do jovem na quarta-feira, 20, à noite. Diante dos fatos, a PM articulou a intervenção do menor, na manhã da quinta-feira. Na abordagem, realizada na escola do menor, foi lavrado um Boletim de Ocorrência, com depoimentos de testemunhas, pais e autor.

A prefeitura de Guabiruba disponibilizou um psiquiatra para acompanhar o caso do menor. No intuito de evitar a suspensão de aulas, a Polícia Militar de Guabiruba está intensificando as visitas escolares. Também informamos que o aluno recebeu dois dias de suspensão da escola e encerrou sua matrícula no curso do SENAI.

Como o menor foi abordado fora do Estado de flagrância, a Polícia Militar não realizou a apreensão do menor. A situação foi repassada para a Polícia Civil de Guabiruba ainda na quarta-feira, que instaurou um Inquérito Policial para apurar os fatos.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat