40 policiais concluem em Brusque curso de patrulhamento e abordagem tática

40 policiais concluem o curso com noções de emprego em atividades de patrulhamento tático motorizado

Outras notícias da semana

Veículo capota na Rua do Cedro

Um capotamento de veículo foi registrado por volta das 13h30 deste domingo, 29. O acidente ocorreu na Rua do Cedro, no bairro Dom Joaquim....

Brusque regista mais um óbito associado ao coronavírus

Brusque registrou neste domingo (29) mais um óbito associado à pandemia do coronavírus. É o de número 66. A nova vítima trata-se de um...

Posse da nova diretoria da RFCC e também evento realizado pelo Rotary foram destaques do Jornal da Diplomata

Na manhã desta quinta-feira, 26, o Jornal da Diplomata repercutiu a eleição da nova diretoria da Rede Feminina de Combate Câncer de Brusque (RFCC)....

Planejamento de retorno as aulas presenciais é tema de entrevista com a Coordenadora do Comitê de Contingenciamento da COVID 19

Portarias publicadas no sábado (21) são válidas para escolas das redes municipais e privada. Na rede estadual, retorno está suspenso por determinação judicial. Das 16...

Finaliza nesta quinta-feira, 3 de outubro, no 18° Batalhão de Polícia Militar (18°BPM), a terceira edição do Curso de Patrulhamento e Abordagem Tática (CPAT). A solenidade de formatura dos 40 alunos participantes do curso – policiais militares de diversas regiões do Estado, acontece às 10h deste dia 3, na sede da corporação, no bairro Santa Terezinha.

O curso, que teve uma duração de onze dias e 112 horas/aula, tem por objetivo habilitar policiais militares para exercer atividade de patrulhamento tático motorizado, por meio de ensino teórico e prático de técnicas específicas para esse tipo de policiamento, principalmente em áreas consideradas críticas e de alto risco.

O curso foi dividido em duas etapas. A primeira foi a parte teórica e prática que teve disciplinas como: instrução de técnicas individuais, noções de doutrina de Patrulha Tático Móvel (Patamo), técnicas de abordagem e reação sob fogo, entre outras. Já a segunda parte consistiu em um estágio de quatro dias nas áreas da 1ª e 7ª RPMs, onde os alunos colocaram em prática o que foi ministrado durante as instruções da primeira semana.

40 policiais concluem o curso com noções de emprego em atividades de patrulhamento tático motorizado. (Foto: Diplomata FM)

O curso envolveu policiais de toda a área de abrangência dos três batalhões da 7ª Região de Polícia Militar, mas também de outras cidades do Estado. Esta é a terceira edição do curso, e a primeira no Vale do Itajaí. As edições anteriores do curso ocorreram em Chapecó (Oeste) e em Araranguá (Norte).

40 policiais concluem o curso com noções de emprego em atividades de patrulhamento tático motorizado. (Foto: Diplomata FM)

Com início no dia 23 de setembro na sede do Grupamento de Polícia de Choque (GPChoque) o III Curso de Patrulhamento e Abordagem Tática (Cpat), foi realizado pelo GPChoque e a 7ª Região de Polícia Militar (RPM) e teve como coordenador o Capitão Felipe Oppenheimer Torres, de Florianópolis. Conforme o militar, o curso foi implementado no Estado de Santa Catarina em 2018, com a primeira edição em Chapecó. As outras duas edições foram realizadas em 2019. “A ideia é que a gente consiga padronizar uma forma de abordagem em situações mais críticas entre os integrantes dos grupos táticos dessas regiões. Por exemplo, se hoje tiver um policial em Blumenau que se por ventura ele precisar trabalhar com um policial do grupo tático de Brusque, eles conseguirão trabalhar em conjunto porque existe uma padronização na forma de abordagem desses policiais”, explica.

Ostensividade

Na tarde desta quarta-feira uma cena chamou atenção da população no Centro de Brusque. Diversas viaturas transitavam enfileiradas, despertando a curiosidade de moradores, que ate registraram a cena através de vídeos e fotos. “Quando as viaturas vão para as ruas, elas passam nas áreas centrais, com sirene ligada, justamente para indicar que a polícia está presente, porque a criminalidade sabendo que há esta grande quantidade de viaturas na rua, existe  a possibilidade do criminoso ser preso. A nossa função é demonstrar essa grande ostensividade e depois de fazer essa demonstração de força, a gente vai para as áreas críticas que são mapeadas pelas unidades e, assim, apoiar onde há uma grande incidência de tráfico, roubo e por aí vai”, conclui o Capitão Oppenheimer.

Ganho técnico revertido em qualidade de serviço

O curso de Patrulhamento em Abordagem Tática foi uma solicitação que partiu dos integrantes do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Brusque, pois o batalhão observou um ganho técnico bastante positivo dos policiais que participaram do mesmo curso nas duas edições anteriores, aponta o Tenente Brauner Justino Arcaro Filho, responsável pela organizar e trazer o curso para a região. “Trazendo esta necessidade de padronização dos procedimentos que adotamos aqui, nas condutas de patrulha, considerei extremamente válida a ideia, busquei as formas dentro da Polícia Militar para realizar o curso e graças a Deus o evento saiu da forma mais positiva possível”, frisa o militar.

Para o comandante do 18° Batalhão de Polícia Militar, Tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, a profissionalização dos policiais representa a busca do aperfeiçoamento constante e contínuo. “Temos a obrigação de estarmos sempre preparados para encarar o crime, o criminoso e a adversidade. Esse curso nada mais é que qualificar um pouco mais nossos policiais, principalmente o pessoal do policiamento tático, para que eles estejam melhor qualificados para fazer abordagem e enfrentar a criminalidade de uma forma geral. Isso só vem a somar, porque neste ano estamos com excelência na cidade principalmente no combate ao crime de entorpecentes e esse tipo de treinamento só vem reforçar e engrandecer mais ainda o profissional para que ele esteja melhor preparado para o combate à criminalidade”, aponta.

O último dia do estágio operacional ocorreu nesta quarta-feira. A formatura do Curso de Patrulhamento e Abordagem Tática será nesta quinta-feira, às 10h, na sede do 18° BPM, com a presença de todos os policiais que participaram do curso.

Viaturas do tático de Brusque e região. (Foto: Diplomata FM)

Últimas postagens

Brusque regista mais um óbito associado ao coronavírus

Brusque registrou neste domingo (29) mais um óbito associado à pandemia do coronavírus. É o de número 66. A nova vítima trata-se de um...

PRE registra acidente na rodovia Antônio Heil entre dois veículos

A Polícia Rodoviária Estadual foi acionada para um acidente por volta das 19h30 deste domingo, 29, na região do bairro Limoeiro. De acordo com a...

Secretário de Governo e Gestão Estratégica de Brusque fala sobre orçamento 2021, aprovado no Poder Legislativo

Na manhã desta segunda-feira, 30 de novembro, o Jornal da Diplomata recebeu o Secretário de Governo e Gestão Estratégica de Brusque, William Molina, falou...
Publicidade
WhatsApp chat