Publicidade

CDL Brusque e representantes do poder público propõem alterações para Área Azul

Mudança no tempo de tolerância e alteração dos valores das irregularidades foram debatidos pelo grupo

Outras notícias da semana

Se reuniram na manhã desta segunda-feira, 25 de novembro, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brusque, representantes dos poderes executivo e legislativo municipal, Polícia Militar e membros da diretoria da entidade para debater adequações no projeto de lei Nº 4138, de 11 de julho de 2018 e decretos da “Área Azul”.

Segundo o presidente da CDL Brusque, Fabricio Zen, a reunião foi muito produtiva e apresentou diversos pontos de vista essenciais para direcionar as mudanças no estacionamento rotativo de Brusque.

“A suspensão temporária deve ser mantida, por pelo menos alguns dias, até que possamos providenciar a alteração no decreto de lei que regulamenta a “Área Azul”. Foi debatida a questão da tolerância de tempo para a regularização do estacionamento e inicialmente todos concordaram em verificar um tempo de tolerância. A CDL ficou encarregada de fazer um estudo para verificar a viabilidade financeira da alteração, assim como o valor das irregularidades”, explica.

Zen destaca que também será realizada de forma permanente a campanha de conscientização para auxiliar e esclarecer dúvidas da população. “Também estamos buscando a ampliação nos pontos de venda com os lojistas, para que o usuário tenha mais pontos físicos para regularização e aquisição de crédito no sistema”, ressalta.

Haverá ainda uma segunda reunião na manhã desta terça-feira, 26, para aprovação das alterações solicitadas e encaminhamento da solicitação ao poder público municipal para providências.

Participaram da reunião os vereadores André Rezini, Claudemir Duarte (Tuta), Jean Daniel dos Santos Pirola, Paulinho Sestrem e Sebastião Alexandre I. de Lima (Dr. Lima), o comandante do 18º BPM, tenente-coronel Otávio Ferreira Filho, o Técnico de Planejamento Urbano da SETRAM, o representante da Prefeitura de Brusque Luís Henrique Blumer e membros da diretoria da CDL Brusque.

Apoio

Devido às ocorrências que se intensificaram nos últimos dias contra colaboradores da entidade, o comandante da Polícia Militar de Brusque se colocou à disposição para realizar um treinamento com os monitores sobre como proceder nesse tipo de situação e também sugeriu a criação de um grupo pelo whatsapp com o Centro de Operações da Polícia Militar de Brusque (Copom) para fortalecer a segurança da equipe.

Nosso Departamento tentou o andamento de uma entrevista com representantes da entidade para esta terça feira, mas não foi possível uma vez que ocorrerá nova reunião nesta terça, por isso estamos repassando ao ouvinte as informações que nos foram enviadas pela Assessoria de Comunicação da entidade.

SourceRedação

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat