Fundação Cultural de Brusque se reinventou em 2020, se adaptando ao ano atípico

Com aulas virtuais e mapeamento cultural local a Fundação atendeu à população brusquense

Outras notícias da semana

Boletim epidemiológico aponta 35 novos casos de Covid-19 em Brusque nas últimas 24h

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta segunda-feira (11), aponta que Brusque tem 14.427 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 35...

Polícia prende homem no bairro Guarani condenado por furto

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Delegacia de Polícia da Comarca de Brusque e da Divisão de Investigação Criminal...

Prefeitura planeja mais uma frente de trabalho para agilizar obra na rua Poço Fundo

Para agilizar a obra na Estrada Geral do bairro Poço Fundo, a Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Infraestrutura Estratégica, planeja para...

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, neste domingo (16), em Brasília, reunião extraordinária de sua diretoria colegiada, formada por cinco integrantes, para...

Um dos setores mais atingidos com a pandemia do coronavírus, o setor cultural, teve que se reinventar durante o ano de 2020 e com a Fundação Cultural de Brusque não foi diferente. Embora o ano atípico tenha sido desafiador, a Fundação Cultural de Brusque se adaptou e conseguiu executar muitas atividades.

O diretor da Fundação Cultural, Igor Balbinot, explicou como foram realizadas algumas atividades. “As aulas da Fundação Cultural, da Escola de Artes da Fundação Cultural de Brusque elas aconteceram esse ano, desde março, de forma virtual, então nossos arte educadores, nossos instrutores, eles já tinham as turmas formadas lá no início do ano, presencialmente, e as atividades tiveram que ser adaptadas para o meio virtual. Então as atividades aconteceram durante o ano todo nesse novo formato e encerrou agora em dezembro, de forma virtual,” disse.

Com relação a ajuda financeira aos artistas da cidade, Babinot destacou as ações da lei Aldir Blanc. “Também foi realizado um mapeamento cultural local, para aplicação da Lei Aldir Blanc no município de Brusque, esse mapeamento foi realizado entre os meses de Julho e Agosto, para aplicação posterior da lei Aldir Blanc, aqui no município de Brusque. Também falando da lei Aldir Blanc, esse trabalho começou lá no mês de Junho e agora a gente está na fase de divulgação do resultado final do edital de distribuição dos 899 mil reais que vieram para o município através da Lei Emergência Cultural Aldir Blanc,” falou.

Fundação Cultural de Brusque
a) Biblioteca Pública Municipal Ary Cabral.
b) Escola de Artes da Fundação Cultural de Brusque.
c) Fundo Municipal de Apoio à Cultura e seus Editais.
e) Banda Municipal de Bruque/Big Band Brusque.
f) Setor de Patrimônio Histórico.
g) Setor administrativo e de RH da FCB.
h) Setor de Projetos e Eventos da FCB.

Projetos e Ações da Fundação Cultural de Brusque em 2020:

  • Escola de Artes da Fundação Cultural de Brusque – Aulas aconteceram de forma virtual

Março de 2020.

  • Realização do Convênio anual para manutenção dos 3 museus do município (Instituto Aldo Krieger, Museu Casa de Brusque, Museu de Azambuja).
  • Manutenção e atualização da Sala Brusque Virtual.
  • Realização da 18ª Semana Nacional de Museus de forma virtual – Com a produção de conteúdo audiovisual dos três Museus do Município.
  • Realização de pesquisa sobre os impactos econômicos da pandemia em relação aos setores criativos da região.
  • Realização do evento Semana de Brusque de forma Virtual, com mais de 30 mil acessos.
  • Realização de Mapeamento Cultural local para aplicação da Lei Aldir Blanc em Brusque.
  • Planejamento, operacionalização e distribuição dos Recursos advindos da Lei da Emergência Cultural Aldir Blanc. R$ 899 mil.
  • Lançamento do Canal Arte e Apreciação da Fundação Cultural de Brusque no You Tube (mais de 40 vídeos produzidos pelos servidores durante a pandemia).
  • Realização de cerca de 20 Lives de bate papo ou shows com artistas locais durante toda a
    pandemia.
  • Biblioteca Pública Ary Cabral – Servidores da Biblioteca chegaram ao número de 16 mil livros catalogados no sistema informatizado da Biblioteca durante o período da pandemia.
  • Realização da Semana da Consciência Negra de forma virtual com 8 ações.
  • Revitalização de todas as salas de aula da Fundação Cultural de Brusque.
  • Compra de equipamentos de informática e sonorização para realização de lives e eventos.
  • Lançamento de processo de credenciamento de propostas e a realização de apresentações culturais virtuais alusivas ao Natal com 6 atrações.
  • Projeto inscrito na Lei Federal de Incentivo à Cultura – Temporada 2021 Big Band Brusque – Aprovado e liberado para captação de recursos. 250 mil.
  • Projeto inscrito na Lei Federal de Incentivo à Cultura – Festival de Inverno 2021 (com mostras musical, de audiovisual e de teatro). Em fase de análise * aguardando aprovação. 270 mil.
Sede da Fundação Cultural de Brusque. (Foto: Divulgação/Secom)

Últimas postagens

Conversando com Você de 18 de janeiro de 2021

Conversando com Você de 18 de janeiro de 2021. Ouça!

Em assembleia, ex-funcionários aceitam proposta de R$ 7,3 milhões para venda de imóvel da Schlösser

O Sintrafite, em parceria com o Sindimestre, realizou a assembleia-geral que definiu a venda do imóvel da Companhia Industrial Schlösser, na manhã de domingo,...

Prefeito de Guabiruba fala sobre primeiras ações em 2021, recepção dos funcionários e obras que serão prioridades

Na manhã desta segunda-feira, 18, participou ao vivo do Jornal da Diplomata, Valmir Zirke, prefeito do município de Guabiruba. Recepção dos funcionários, início do...

Obituário final de semana, de 16 a 18 de janeiro

Funerária Brusque - Faleceu às 17h30 de domingo (17), com 67 anos, Maria Veronica Kohler, que morava em Guabiruba. Velório na Capela do Centro...
Publicidade
WhatsApp chat