Brusque mantém treinamentos durante paralisação do Catarinense

Publicidade
Utilidade pública

O Brusque FC treinou normal na tarde desta sexta-feira (5), no CT. Apesar da paralisação, o Quadricolor segue se preparando para o retorno do estadual.

Para o técnico Jerson Testoni, a paralisação é ruim e se trata de um assunto muito polêmico.

“Eu vejo o futebol como profissão, as vezes as pessoas olham como divertimento, mas o futebol é uma profissão, muitas pessoas dependem do futebol, do emprego. O futebol é meio ilusão em questões financeiras, muita gente acha que quem trabalha com futebol é rico e é ao contrário, tem muitas equipes que trabalham três ou quatro meses durante o ano, massagista, roupeiros, então envolve muito emprego, muitas pessoas. Mas respeito, acho que a situação é muito grave, acho que as pessoas tem que se cuidar um pouco mais. Voltando ao futebol, somos testados toda semana, mede a temperatura todos os dias, se o atleta sente alguma coisa, ele é afastado, trabalhamos com uma margem de segurança muito grande dentro do futebol, por isso não vejo essa situação de paralisação no Brasil todo por causa do futebol, acho deveríamos dar continuidade e é isso que eu espero daqui pra frente”.

Publicidade
Últimas notícias

Brusque FC enfrenta o Vila Nova neste domingo, 24, no Augusto Bauer

O Brusque FC poderá contar com a sua torcida na partida contra o Vila Nova, neste domingo, 24, às...
Publicidade
WhatsApp chat