Delegado fala sobre homicídio no bairro Águas Claras

Homem de 30 anos, foi morte após invadir casa de ex-companheira.

Publicidade
Utilidade pública

Na tarde de segunda-feira, 12, o delegado Alex Bonfim Reis, responsável pelo Divisão de Investigações Criminais (DIC) da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Brusque, concedeu entrevista apresentando detalhes do inquérito que investiga a morte por homicídio de Jailson Lopes Lima, 30 anos, que perdeu a vida após invadir a residência da ex-companheira no bairro Águas Claras, no último sábado, 10.

Conforme destacou o delegado, o casal viveu junto por alguns anos. No começo de 2021, os dois se separaram e o homem não teria aceitado o fim do relacionamento. Inclusive, no final do mês de março, ele teria invadido a residência, ameaçado a mulher e os filhos com uma faca. 

Segundo o delegado por medo e suspeita que o mesmo tentasse invadir sua residência a ex-companheira da vítima, solicitou que dois amigos ficassem com ela na casa.

Fato que ocorreu novamente na madrugada deste sábado (10). Os dois colegas ouviram pedidos de socorro vindos do quarto dela. Foi quando se deslocaram até outro cômodo do imóvel e encontraram o homem tentando agredi-la. Um deles o deteve, imobilizando-o com o braço no pescoço (mata leão). Enquanto isso, outro acionou a Polícia Militar. Quando a PM chegou no local, constatou que ele havia morrido. 

Os envolvidos aguardaram a chegada da Polícia Militar, estiveram na delegacia e prestaram todas as informações necessárias. O delegado de plantão tipificou o caso como sendo legítima defesa e os mesmo aguardam o decorrer do inquérito que agora é comandado pelo delegado Alex Bonfim Reis.

Ouça entrevista!

Áudio delegado Alex Bonfim Reis.
Publicidade
Últimas notícias

Boletim epidemiológico aponta 35 novos casos de Covid-19 nas últimas horas

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta sexta-feira (23) indica que a...
Publicidade
WhatsApp chat