Câmara de Guabiruba realiza sessão ordinária

Três projetos de leis foram aprovados em regime de urgência pelos parlamentares.

Publicidade
Utilidade pública

Na noite de terça-feira, 6, os vereadores guabirubenses estiveram reunidos em mais uma sessão ordinária, a primeira do mês de julho. Os trabalhos foram presididos pelo vereador Cristiano Kormann (Progressistas), estando presentes os demais oito parlamentares.

O vereador Cristiano Kormann informou que a Câmara Municipal recebeu ofício do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) informando que está proibido a concessão de reajustes a servidores municipais. Segundo o parlamentar isso prova que o Sindicato dos Servidores Públicos (SINSEB) agiu de má fé ao realizar uma campanha difamatória na mídia dizendo que os vereadores e prefeito e que não queriam conceder o reajuste.

O vereador Jair Kohler (Progressistas) solicitou o envio de ofício para o Consórcio Nosso Brusque, para requerer explicações sobre os motivos de ônibus do transporte público não estarem cumprindo o itinerário é o final dos pontos principalmente nos bairros São Pedro e Aymoré.

Outro tema foi o comunicado colado na porta da agência da Celesc em Guabiruba, informado que o local permaneceria fechado pelo motivo do falecimento do pai da atendente. O parlamentar disse respeitar a família enlutada, mas, classificou como absurda essa situação, sendo que muitas pessoas foram procurar os serviços e tiveram que retornar para suas residências sem atendimento. Ele pediu explicações da Celesc.  

A vereadora Simone Fischer (MDB) destacou também o bom serviço realizado pela Secretaria de Obras, que realizou a pintura das faixas de pedestres, meios-fios e sinalização de trânsito em alguns pontos da cidade.

Ricardo José Schlindwein (Progressistas) falou sobre indicação feita por ele no início do ano, solicitando a redução de estacionamentos exclusivos para taxistas, principalmente nas frentes da agências bancárias e prédios públicos. O parlamentar informou que foi realizado um estudo e agora essa adaptação foi realizada, mantendo apenas as vagas que estão sendo utilizadas pelos profissionais.

ORDEM DO DIA

– Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei Ordinária nº 16/2021 do Executivo, que “ALTERA A LEI 9988, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2006, QUE DENOMINA VIA PÚBLICA MUNICIPAL”.

– Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei Ordinária nº 17/2021 do Executivo, que “REVOGA O DISPOSITIVO DA LEI 1.300, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011, QUE CRIA A FUNDAÇÃO CULTURAL DE GUABIRUBA E O FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.

– Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei Ordinária nº 18/2021 do Executivo, que “DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DO IDOSO, CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO – CMI, E CRIA O FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO – FMI E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.

A próxima sessão ordinária está marcada para terça-feira, 13 de julho no horário regimental de 19 horas.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira (27)

Nas últimas 24 horas, 45 novos casos da doença foram registrados em Brusque São 27.546 os casos confirmados de Covid-19...
Publicidade
WhatsApp chat