Padre Carlos se despede da Paróquia São Luís Gonzaga

Após seis anos em Brusque, sacerdote assumirá a missão de reitor e pároco em Curitiba (PR)

Publicidade
Utilidade pública

A missa das 19h deste domingo, 19 de dezembro, na igreja Matriz São Luís Gonzaga, foi marcada pela despedida do padre Carlos Marcos Nicolodelli que, após seis anos em Brusque, assumirá uma nova missão, a partir de fevereiro de 2022, como reitor e pároco do Santuário Santa Rita de Cássia, em Curitiba (PR).

“Sinto gratidão pela acolhida que tive nesta comunidade, que valoriza e dá importância ao sacerdote. É um povo muito generoso, que vive dignamente como cristão, juntamente com os padres que tem. Saio com o coração agradecido, porque aprendi muito como padre e como amigo, através das pessoas que conheci nesta cidade”, afirma padre Carlos, que também esteve em Brusque entre os anos de 2004 e 2008, totalizando 11 anos de serviço sacerdotal na Paróquia São Luís Gonzaga.

Para o pároco, padre Diomar Romaniv, os últimos dias da presença de padre Carlos na Casa Paroquial têm sido de lembranças, de grandes e pequenas alegrias, que fizeram a diferença nestes quase três anos em que os sacerdotes moram juntos. “Uma pessoa como ele faz diferença porque é querido, acessível e faz o bem na vida de todos. O bom clima na Casa Paroquial se deve muito a ele, que gosta de se encontrar, conversar e criar bons momentos. Padre Carlos esteve ao meu lado desde a minha chegada, me orientando pela experiência que tem”, destaca.

Após seis anos em Brusque, sacerdote assumirá a missão de reitor e pároco em Curitiba (PR). (Foto: Assessoria/Paróquia São Luís Gonzaga)

Padre Diomar também citou a gratidão a Deus pelos dons do amigo e pela disposição ao trabalho. “Aos 72 anos, não percebemos sua idade, pela vontade de viver e de servir. Desejamos que o padre Carlos seja bem acolhido em Curitiba e possa continuar fazendo a diferença, como fez nestes 46 anos como sacerdote, por todos os lugares onde passou”, salienta.

Padre Joãozinho

Também presente na celebração, o brusquense, padre João Carlos Almeida, mais conhecido como padre Joãozinho, comemorou seus 29 anos de ordenação sacerdotal. “Muitas pessoas cresceram nesta comunidade e são frutos da oração de nosso povo. É bonito quando quem nasce ou estudou em Brusque, deseja voltar e rezar com a comunidade. Minha função como pároco é acolher e rezar junto com estas pessoas, que acompanharam o processo vocacional de padre Joãozinho e estiveram em sua ordenação. É uma vida que segue produzindo frutos e bendizemos a Deus por isso”, pontua, padre Diomar.

Padre Joãozinho conta que todo final de ano é um tempo de volta às origens, já que ele sempre viveu a alegria de estar em Brusque durante o Natal. Este ano, no entanto, a emoção é acentuada, pela preparação dos seus 30 anos de sacerdócio.

Padre Joãozinho comemorou seus 29 anos de Ordenação Sacerdotal. (Foto: Assessoria/Paróquia São Luís Gonzaga)

“Está chegando a minha vez de viver este tempo da experiência. Hoje, tenho a oportunidade de voltar à minha terra natal, neste período de descanso, rever minha família e os amigos. Quem preserva memórias, constrói histórias. É tempo de cultivar memórias e voltar para a vida refeito, pronto para construir mais histórias”, reflete padre Joãozinho, que há um ano assumiu a presidência das obras educacionais e sociais da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus.

Sacerdotes dehonianos celebraram a missa das 19h deste domingo, 19. (Foto: Assessoria/Paróquia São Luís Gonzaga)

Natal

Neste momento, a Paróquia São Luís Gonzaga já se prepara para a celebração do Natal. Por isso, nas últimas semanas foi intensificado o sacramento da Confissão em todas as Comunidades. Na secretaria paroquial, os padres estarão em atendimento na terça e quarta-feira, bem como na manhã de quinta-feira. Também será possível se confessar durante a missa das 19h desta terça-feira, na igreja Matriz, e, durante a missa das 19h de quarta-feira, na Comunidade Santa Rita de Cássia. “É a oportunidade de fazer um exame de consciência, de pedir perdão pelos pecados e de estar com o coração restaurado”, explica padre Diomar.

Há cerca de um mês, vem sendo organizada a missa de Natal, celebrada às 19h desta sexta-feira, 24 de dezembro. “Sabemos que muitas pessoas se dedicam ao encontro com familiares, mas vale a pena priorizar esta celebração e acolher Jesus que nasce na noite de Natal”, convida o pároco.

No sábado, dia 25 de dezembro, na igreja Matriz, haverá missa às 7h, 9h e 19h.

Publicidade
Últimas notícias

Carlos Renaux intensifica preparação para a estreia na Série B neste domingo, 29

Nesta quarta-feira (25), os atletas do Renaux deram sequência na pré-temporada e preparação para a estreia no Catarinense Série...
Publicidade
WhatsApp chat