Sandra Maria Bernardes, condenada pela morte de Chico Wehmuth em 2018, se entrega à polícia

Publicidade
Utilidade pública

A Polícia Civil, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal – DIC de Brusque, comunicou que nesta segunda-feira (21) foi realizada a prisão de Sandra Maria Bernardes, condenada de forma definitiva pela prática de crime de homicídio qualificado perpetrado no ano de 2014.

Após uma complexa investigação, Sandra Maria foi condenada pelo Tribunal do Júri em 2018 e teve sua prisão decretada ao final da audiência. Ocorre que, por vias recursais, a condenada deve sua prisão revogada e permaneceu em liberdade até a conclusão do processo.

Em 2021, após o trânsito em julgado da sentença condenatória e esgotados os recursos, nova ordem de prisão foi expedida contra Sandra Maria, mas ela não foi localizada, sendo considerada uma pessoa foragida.

Desde então, a Polícia Civil efetuou uma série de diligências no sentido de dar cumprimento à prisão, utilizando-se para tanto de diversos meios investigativos e de inteligência.

Ao longo das diligências, apurou-se que Sandra havia adquirido um veículo no município de Balneário Camboriú e se deslocado para o estado do Paraná, próximo à região de fronteira, cogitando-se, inclusive, sua fuga para países vizinhos, o que acabou não se confirmando com base em elementos colhidos pela Polícia Civil.

Sandra teria, então, retornado para a região e uma operação para sua prisão estava em andamento, quando a foragida decidiu se entregar por orientação dos próprios advogados.

Na manhã desta segunda-feira, Sandra Maria Bernardes se entregou no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí – CPVI, onde passará a cumprir a pena de 21 anos e quatro meses.

(Foto: Arquivo / Diplomata FM)
Publicidade
Últimas notícias

Hospital Azambuja alerta nova modalidade de golpe em nome da instituição

O Hospital Azambuja alerta a população de Brusque e região para novas tentativas de golpes, utilizando o nome da...
Publicidade
WhatsApp chat